Marco Antonio

Marco Antonio começou sua carreira nos anos 1990, trabalhando como assistente de diversos fotógrafos em projetos editoriais e comerciais. Nos anos 2000, deu início a um caminho particular, impulsionado pela paixão pelo registro do morar, ou a vida que acontece dentro das casas e edifícios.

Assim, a partir de 2005, assina diversos ensaios para revistas e peças de publicidade na área de arquitetura e interiores.

As heranças de Pernambuco o acompanham sobretudo no olhar relevante para a arte popular brasileira. Como outro impulso, especializou-se ainda em bem observar pessoas, produzindo retratos reconhecidos pela sensibilidade.